FREEDOM | #BEYOURUNIQUESELF

19:36

Jacket - HERE | Jumpsuit - H&M Loves Coachella | Boots - Stradivarius | Sunglasses - ZeroUV
Photos: Catarina Limão | Edit: Ayumi
Title's song: Beyoncé - Freedom (featuring Kendrick Lamar)

Bem-vindos amigos! :)

Antes de mais nada, FELIZ DIA DA LIBERDADE! Feliz Dia 25 de Abril!

Estive demasiado tempo fora do blog.
Comecei a fazer voluntariado para um movimento Europeu, o que me tem tirado muito tempo...

Se houver curiosidade sobre o que é este movimento informa-te aqui - DiEM25!
Juntos vamos democratizar a Europa. :)

Como hoje é um dia especial trago um post especial em parceria com algumas bloggers.
O convite surgiu da parte da Sabrina e da Sara do blog Priceless Ambition.

O conceito do #BEYOURUNIQUESELF é aquilo que o nome diz, sermos nós mesmos.
Neste caso associado ao nosso estilo de vestir, mas obviamente transversal a tudo aquilo que faz de todos nós únicos.

A liberdade é uma coisa muito bonita, porém a ignorância associada à libertinagem de opinião é uma grandessíssima falta de respeito.
Há uma frase muito sábia que diz: “A nossa liberdade termina onde começa a dos outros”.

O meu estilo de vestir sempre foi alvo de gozo ou descriminação por parte da maioria das pessoas.
Na escola sofri bastante de bullying, chamaram-me de tudo: bicho, Lady Gaga, Tokio Hotel, monstro, prostituta, "heavy metal"...
E na rua não era diferente!
Tive desde colegas(crianças), a professores(adultos), a totais desconhecidos na rua a criticar de forma negativa o meu aspecto.

ISTO é perigoso. Ao contrário da maneira de alguém se vestir, que é algo inofensivo!
Mas este tipo de tratamento/julgamento com base no aspecto da pessoa pode fazer com que esse indivíduo desenvolva uma série de inseguranças que o vão levar a ter baixa auto-estima - a sentir-se inferior!

Eu tenho essa noção, e tento contrariar, mas estaria a mentir se dissesse que isso não me afectou/afecta.

O meu estilo nunca foi "normal", sendo que nem sei o que é normal, mas descobri cedo que a minha liberdade é algo que incomoda os outros.

Visto o que gosto desde que a minha mãe me deixou começar a escolher a minha roupa(10/11 anos), nunca usei nada só porque era tendência ou porque toda a gente na escola estava a usar.

Sempre gostei de coisas que estão associadas a "rebeldia", a "desejo de atenção", a "futilidade", a "infantilidade", e infelizmente esses foram os juízos que as pessoas fizeram de mim.
Mas a ignorância e o ressabiamento são terríveis! Eu visto-me para mim! Não para os outros!
Eu nunca vesti uma saia ou uns saltos altos para um homem!
Eu nunca pintei o cabelo de cor de rosa ou azul para chamar a atenção!

Eu seria exactamente a mesma pessoa que sou se vivesse isolada da civilização!

Quem faz as coisas para os outros são esses mesmos conformados que se vestem de maneira "normal" para poderem pertencer à maioria, porque assumir aquilo que somos é um acto de coragem numa sociedade que crítica tudo!

Temos de ser melhores uns para os outros, e isso passa muito pela aceitação e pelo respeito.
:)

Sejam livres! Não cedam à pressão social!

Eu ora visto-me toda de preto, ora toda colorida, ora minimal, ora boémia... Sinceramente é difícil dizer que sou seja o que for. Sou a Ayumi, e é isso.

Hoje mostro um look super hippie/boho/festival, não fosse este macacão da coleção que a H&M fez este ano inspirada no festival Coachella.

O casaco é da Romwe.
Já há algum tempo que queria um deste género, de imitação de camurça castanho com franjas. :)

Aqui ficam os outros blogs que aderiram à iniciativa #BEYOURUNIQUESELF:

Um corpo é só um corpo, uma roupa é só uma roupa, é o caráter e a personalidade da pessoa que importam.
Os valores que temos, aquilo que defendemos.

Viva a liberdade de espírito e mental que essa é a mais valiosa!

Abraço cósmico,
AA

17 comentários

  1. Wow, era impossível estares mais gata!
    Achei muito interessante duas frases que publicaste e que para mim fazem todo o sentido: ''Eu nunca vesti uma saia ou uns saltos altos para um homem!Eu nunca pintei o cabelo de cor de rosa ou azul para chamar a atenção!''
    Somos como somos e não devemos deixar de ser quem somos para agradar aos outros!
    Excelente post!

    beijinho,
    Sara

    ResponderEliminar
  2. é incrível esse jumpsuit! fica-te super bem!

    beijinho,
    Moi by Inês
    visita a minha página de fotografia low-cost! --> Raw Studio

    ResponderEliminar
  3. A sério tão linda
    Amei as fotos, o look, adoro a tua vibe
    E o que escreveste está tão certo! AMEI
    Beijo*

    >> http://joandcompanystyle.blogspot.pt/ <<

    ResponderEliminar
  4. O macacão fica-e super bem! Adoro o casaco, é super giro!

    Beijinho, lookingfor-more

    ResponderEliminar
  5. Adoro o cabelo! E as fotos estão lindas :)
    Segui :D

    http://blogdafatiima.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Adorei o post e identifiquei- me bastante a tua historia!
    Ps:O casaco é mesmo lindo!!

    Beijinhos ,
    Sabi
    Priceless Ambition

    ResponderEliminar
  7. Este post está extraordinário tal como as fotografias!!!
    Grande beijinho,
    Madalena

    www.maadalenaaa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Não sei se gosto mais do casaco, do cabelo ou do macacão :P

    Ando há uns tempos para escrever sobre este assunto e acho que o teu desabafo deu-me o empurrão final. Faz-me super confusão que as pessoas sejam tão normativas ao ponto de matarem toda a criatividade e gozarem com quem, felizmente, escapou à normatização...!

    ResponderEliminar
  9. Adorei este movimento #beyouruniqueself! Estão todas tão giras! Este macacão é lindo, já o tinha visto no site da H&M e apaixonei-me!. É sem dúvida a tua cara! E os óculos também são incríveis, tenho uns muito parecidos, mas mais pequenos. <3

    ResponderEliminar
  10. adorei o teu outfit e adorei o teu post. Nós temos de vestir nos para nós próprias e para mais ninguem. A moda serve para nos expressarmos e também para experimentarmos coisas novas, sem medos de juizos
    já estou a seguir o teu blog <3
    beijinhos ^^

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Amei o look mesmo! :)
    Xoxo
    http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. "Quem faz as coisas para os outros são esses mesmos conformados que se vestem de maneira "normal" para poderem pertencer à maioria, porque assumir aquilo que somos é um acto de coragem numa sociedade que crítica tudo!" que frase tão forte! Adorei e penso exatamente o mesmo. Durante anos nunca vesti o que queria com medo de críticas, hoje em dia a opinião alheia passa-me ao lado e sinto-me eu mesma no meu estilo, naquilo que realmente gosto. Sejam elas umas calças de ganga com uma t-shirt, ou um vestido todo pipi. Seja o andar de cara lavada, ou com uma maquilhagem super carregada. É o que eu sou e só isso interessa! :)
    Adorei a forma como conjugaste o macacão! Estás super gira :)
    xx, Ana

    The Insomniac Owl Blog

    ResponderEliminar
  13. assumir o que somos é realmente um ato de coragem, pois á sociedade em si já espera que nos comportemos de uma maneira padronizada... lindas fotos!!


    Ciranda da Bailarina

    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Ola Linda:)
    Tudo Bem?
    Adoro o Post:)
    Muito Obrigada
    Bom fim de semana
    Bjs Open Kloset
    Novo Post:
    http://openklosetfashion.blogspot.pt/2016/05/real-abadia-congress-spa-hotel.html
    Instagram:@openklosetfashion
    SnapChat:OpenKloset

    ResponderEliminar

AYUMI AJAX 2017

ONLINE PORTFOLIO

behance.net/triangle

FOLLOW ME ON INSTAGRAM

@ayumiajax